sexta-feira, 5 de julho de 2013

Mais uma vez

E Sansão orou ao Senhor: "Ó Soberano Senhor, lembra-te de mim! Ó Deus, eu te suplico, dá-me forças,mais uma vez, e faze com que eu me vingue dos filisteus por causa dos meus dois olhos! " (Juízes 16:28 - NVI).

A história de Sansão é bem conhecida de todos. Já foi até tema de filme.

Sansão nasceu para ser nazireu de Deus, totalmente consagrado e dedicado a Deus.
Deus o aceitou como tal e lhe deu uma força acima do normal para que ele combatesse e prevalecesse sobre os seus inimigos.

Sansão se tornou um homem admirado por seu povo e temido por seus inimigos.
O nome de Sansão fazia estremecer o mais notável dos soldados filisteus. Ele era o campeão de Jeová e de seu povo!

Mas o grande herói sucumbiu diante de seus inimigos, ao relaxar os seus votos do nazireado e revelar o seu segredo à mulher que dizia amá-lo e em quem ele confiou. Há muitas "Dalilas" por aí!

O grande campeão foi vencido! Ficou cego e tornou-se escravo de seus inimigos!
Tornou-se atração e motivo de risos para aqueles que antes o temiam!

E é sendo zombado, desprezado, escravizado e cego que ele faz a oração do versículo acima.
A oração é simples mas o conteúdo muito profundo! Foi uma oração arrancada do fundo de sua alma!

Ao dizer "lembra-te de mim!" ele demonstrou que durante todo o tempo que ali esteve escravizado ele se sentiu esquecido por Deus! 
Na verdade, Deus não o esqueceu, mas devido ao seu estado físico e espiritual, certamente ele se sentia acusado por sua própria consciência, ciente do erro que havia cometido! É sempre assim com quem erra!

"Ó Deus, eu te suplico, dá-me forças, MAIS UMA VEZ". Sim, uma vez mais ele queria sentir a força de Deus fluir no seu corpo! Ele queria sentir o Espírito Santo de volta, a agir e atuar em sua vida como antes!

Deus atendeu-lhe a oração! Aleluia!

E pasmem, na sequência lemos: "disse: "Que eu morra com os filisteus!" Então, ele as empurrou com toda a força, e o templo desabou sobre os líderes e sobre todo o povo que ali estava. Assim, na sua morte, Sansão matou mais homens do que em toda a sua vida." (Juízes 16:30 - NVI).

A sua vitória final valeu mais do que todas as outras vitórias anteriores! Na sua morte, matou mais inimigos do que havia matado em toda a sua vida! Pagou o preço, mas venceu!!!

Não preciso dizer mais nada! O Deus de Sansão é o Deus que eu creio e sirvo!

Amém!

Nenhum comentário: