quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Quem és tu?

“E este é o testemunho de João, quando os judeus mandaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para que lhe perguntassem: Quem és tu?
E confessou, e não negou; confessou: Eu não sou o Cristo. E perguntaram-lhe: Então quê? És tu Elias? E disse: Não sou. És tu profeta? E respondeu: Não.”
(João 1.19-21).

Hoje não se pode mais fazer essa pergunta aos “seguidores de Cristo” dos nossos dias.

Os títulos são mais importantes do que o SER.

Jesus declarou que João era um profeta e mais do que um profeta (Lc 7.26; Mt 11.9), mas ao perguntarem a ele “és tu profeta?”, ele respondeu: NÃO. E era o maior dos profetas (Lc 7.28), mas não se declarou como o tal. A humildade precede a honra (Pv 15.33; 18.12).

Hoje, um sai de uma igreja onde o maior cargo é pastor e funda uma outra e se intitula bispo, outro sai dessa última igreja, funda uma outra e se intitula apóstolo. Alguém acha que apóstolo não é suficiente e se intitula “paipóstolo” (nem sabia que isso existia). Onde vamos parar com tudo isso? A bíblia fala dos doze apóstolos do Cordeiro. Não sei onde vão ficar os “apóstolos” de hoje nessa lista! O que eu fico admirado é que as pessoas acreditam nesses charlatões! Há sinais do apostolado? Mesmo que ajam não é motivo para acreditarmos! (Mt 7.22,23).

Chega! Paremos de encher os bolsos desses falsos apóstolos, pastores, bispos ou seja lá quem forem! O que eles estão fazendo? Mega-templos (para a própria glória deles), comprando aviões (para o transporte pessoal deles)  e coisas semelhantes!

Há homens de Deus sim, não podemos perder a fé e a esperança! Mas os verdadeiros homens de Deus estão no anomimato, infelizmente!

Eu creio que é suficiente ser chamado de SERVO do Deus vivo, como foi chamado Daniel, isso já é honra demais!

Mas, quem és tu?

Nenhum comentário: