sábado, 27 de novembro de 2010

Mentira!

Como é triste uma pessoa viver na mentira! Como é triste alguém ser rotulado de mentiroso(a)! O maior problema é quando alguém mente para si mesmo. Mentir para os outros já é complicado, agora imagine alguém que tenta enganar a si mesmo, vivendo uma mentira, e ainda querendo que essa mentira se torna uma verdade. Mentira é e sempre será mentira, mesmo mascarada ou disfarçada. Enquanto a verdade liberta, a mentira aprisiona e leva ao abismo, ao caos espiritual. Quem vive a mentira ou na mentira, cedo ou tarde haverá de encarar a verdade. A verdade, por mais dolorosa que seja, será sempre a verdade, que liberta, que salva, que cura a alma.

Viva a a verdade, vale a pena, mesmo que alguém sofra agora, mas a ferida será curada, do que viver a mentira, enganando-se e sendo infeliz.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32).

Um comentário:

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Graça e paz!

Conforme escreveu o nosso irmão Caio Fábio em seu brilhante livro "Sem barganhas com Deus", a pior mentira não é a que se diz, mas aquela com a qual se vive.

A mais desgraçada das mentiras é o homem preferir viver nas trevas e não vir para luz para que suas obras más não sejam descobertas. Porém, quando nos achegamos à luz, embora sejamos confrontados, temos a oportunidade de nos tratar e nos curar.