sábado, 28 de novembro de 2009

Mary Did You Know

It's Christmas time and we have to meditate about the real meaning of "Christmas". Do not forget that Christmas is the celebration of Jesus' birthday.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Inferno!!??

Ontem tive a ousadia de pregar uma mensagem em nossa igreja falando sobre a realidade do inferno. Para minha surpresa, alguns membros da igreja estavam comentando que fazia anos que não se ouvia mensagens alertando sobre este fato.
Aceitemos ou não, o inferno é uma realidade, tanto como o Céu.
Hoje em meio a tantas mensagens de autoajuda, de incentivo, de vitória, é preciso falar que se não vivermos uma vida santa, que agrada a Deus, irremediavelmente iremos para o inferno. Também é preciso dizer aos inconversos que se eles não aceitarem a Jesus Cristo, como único Salvador e Senhor, também irão para o inferno.
A Bíblia fala claramente sobre o inferno. Em uma busca rápida, usando a Bíblia Versão Digital, encontramos 57 referências diretas a palavra inferno, sem contar outras palavras que aludem ao mesmo, tais como: "fogo eterno", "trevas exteriores", "fogo que nunca se apaga", "lago de fogo e enxofre", etc.
Jesus não deixou de falar sobre o assunto. Em Marcos 9.43-48, Ele deixa bem claro que se algo em nós serve de escândalo, é melhor arrancarmos (seja mão, pé, olho...) do que sermos lançados no inferno, "onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga". Em Mateus 25.41, Ele pronuncia a sentença àqueles que estarão à sua esquerda no julgamento das nações: "Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos". Ora meus irmãos, se Jesus não se esquivou de falar sobre o inferno, deveríamos nós, seus servos, nos esquivarmos? Creio que não.
Ouçam ou deixem de ouvir, o inferno existe, e para lá irão todos aqueles que não querem saber de Deus e Sua Palavra, aqueles que vivem dissolutamente, mesmo aqueles que se dizem ateus, que não crêem em Deus, um dia haverão de crer, quando estiverem diante dEle no juízo do Grande Trono Branco.
Mas para aqueles que estão em Cristo Jesus, "nenhuma condenação há" (Rm 8.1).
Que Deus nos livre do inferno! (e nos livrará se crermos nEle e vivermos santa e piedosamente diante dEle).

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A Cobra e o Vagalume

Conta a lenda que uma vez uma cobra começou a perseguir um vagalume.

Este fugia rápido, com medo da feroz predadora e a cobra nem pensar em desistir.

Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada...

No terceiro dia, já sem forças o vagalume parou e disse a cobra:

- Posso lhe fazer três perguntas?

- Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar...

- Pertenço a sua cadeia alimentar?

- Não.

- Eu te fiz algum mal?

- Não.

- Então, por que você quer acabar comigo?

- Porque não suporto ver você brilhar...

Pense nisso e selecione as pessoas em quem confiar.

Hoje

Hoje é o dia de sorrir e se alegrar, de transbordar e cantar, o dia de fazer novas amizades e refletir sobre a vida, o dia de pedir perdão e de perdoar, o dia de orar, falar com Deus sinceramente, abrir o coração, chorar, confessar, o dia de olhar para a frente, o dia de construir, o dia de buscar, o dia de adorar a Deus, o dia de ler a Bíblia, o dia de obedecer, o dia de tomar decisões, o dia de voltar atrás se for preciso, o dia para amar e ser amado(a), o dia para passar com a família, o dia para passear, o dia para trabalhar, o dia para descansar, enfim, HOJE é seu grande DIA. Aproveito-o!

domingo, 8 de novembro de 2009

Quero ir para o Céu

Há coisas bonitas e maravilhosas neste mundo. É bom viajar, conhecer lugares novos, conhecer pessoas, ter novos amigos, desfrutar o que de melhor a vida oferece, ter uma família, cursar uma faculdade, ter uma profissão, ganhar dinheiro, ter um bom carro, uma boa casa...
Mas, apesar de tudo isso, eu quero ir para o Céu. Muito embora, "passarinhos, belas flores, querem m'encantar; são vãos terrestres esplendores, mas contemplo o meu lar" (HC 36).
O caminho? Já sabemos: Jesus Cristo. Mas parece que muitos não o encontram e quando o encontram não trilham por Ele como deveriam trilhar. Por que? Porque o caminho é apertado e a porta é estreita (Mt 7.14). Exige arrependimento, conversão, perdão, santificação, renúncia, amor (a Deus e ao próximo), apartar-se do mal...
Mas, eu quero ir para o Céu, mesmo que exija de mim sacrifícios, arrepender-me de meus pecados, confessá-los e abandoná-los, humilhar-me, renunciar ao mundo e a mim mesmo, pedir perdão a quem ofendi, amar os meus inimigos (caso os tenha), andar em novidade de vida...
Ir para o Céu é o meu maior alvo e desejo, e sei que o Salvador assegurou-me, por amor, essa grande oportunidade morrendo por mim na cruz. Sei que Ele escreveu o meu nome no Livro da Vida, quando O aceitei como meu único Salvador e Senhor.
Que o mundo não me iluda e que nada me impeça de IR PARA O CÉU!

sábado, 7 de novembro de 2009

Não me envergonho do Evangelho (verdadeiro)...

"Não me envergonho do evangelho..." (Rm 1.16).
Paulo refere-se ao verdadeiro evangelho de Cristo, o evangelho que transforma, que santifica, que nos mostra o caminho do céu, entre outras coisas verdadeiras e bíblicas.
Hoje, em pleno século XXI, o que vemos alguns chamarem de evangelho é uma verdadeira "vergonha". Desse evangelho devemos sim nos envergonhar. O "evangelho" da facilidade, da prosperidade, do triunfalismo. O evangelho que não prega a necessidade de arrependimento de pecados, contrariando a pregação do próprio Cristo (Mc 1.15), o evangelho que não prega a necessidade da novidade de vida, da vida santa e consagrada a Deus, da renúncia. Esse evangelho é vergonhoso. Esse não é o evangelho de Cristo, mas sim um "outro evangelho" (Gl 1.9). Desse eu me envergonho.
Mas o verdadeiro evangelho eu prego, ensino, vivo e defendo, pois dele não me envergonho.
A Deus seja a glória!