domingo, 8 de novembro de 2009

Quero ir para o Céu

Há coisas bonitas e maravilhosas neste mundo. É bom viajar, conhecer lugares novos, conhecer pessoas, ter novos amigos, desfrutar o que de melhor a vida oferece, ter uma família, cursar uma faculdade, ter uma profissão, ganhar dinheiro, ter um bom carro, uma boa casa...
Mas, apesar de tudo isso, eu quero ir para o Céu. Muito embora, "passarinhos, belas flores, querem m'encantar; são vãos terrestres esplendores, mas contemplo o meu lar" (HC 36).
O caminho? Já sabemos: Jesus Cristo. Mas parece que muitos não o encontram e quando o encontram não trilham por Ele como deveriam trilhar. Por que? Porque o caminho é apertado e a porta é estreita (Mt 7.14). Exige arrependimento, conversão, perdão, santificação, renúncia, amor (a Deus e ao próximo), apartar-se do mal...
Mas, eu quero ir para o Céu, mesmo que exija de mim sacrifícios, arrepender-me de meus pecados, confessá-los e abandoná-los, humilhar-me, renunciar ao mundo e a mim mesmo, pedir perdão a quem ofendi, amar os meus inimigos (caso os tenha), andar em novidade de vida...
Ir para o Céu é o meu maior alvo e desejo, e sei que o Salvador assegurou-me, por amor, essa grande oportunidade morrendo por mim na cruz. Sei que Ele escreveu o meu nome no Livro da Vida, quando O aceitei como meu único Salvador e Senhor.
Que o mundo não me iluda e que nada me impeça de IR PARA O CÉU!

Nenhum comentário: