quarta-feira, 7 de outubro de 2009

"Pequei contra o Senhor"

"Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor" (2 Sm 12.13a).
Davi, o homem segundo o coração de Deus, pecou. Ele se deixou levar por seus sentimentos e desejos e cometeu um absurdo pecado. Seu pecado não foi só o adultério, mas também o homicídio. Ele também errou ao tentar ocultar o seu pecado, ao achar que estava tudo bem, que Deus não tinha visto. Apesar de tudo isto, ele era um homem de Deus, e não deixou de ser homem de Deus, mesmo em pecado. Deus mesmo se encarregou de repreender a Davi, de trazer à tona o seu pecado.
Às vezes fico pensando no que o apóstolo Paulo escreveu: "Os pecados de alguns homens são manifestos antes de entrarem em juízo, enquanto os de outros descobrem-se depois" (2 Tm 5.24). Creio que é por causa da grande misericórdia de Deus que os pecados de alguns homens (mesmo homens de Deus) são descobertos antes do juízo, porque assim eles têm tempo para se arrependerem, confessarem e abandonarem os seus pecados. O problema, creio eu, é com a segunda parte do versículo, os pecados que se descobrem depois, ou seja, no juízo. No juízo não tem mais jeito, é já para entrar em condenação.
Davi ao ser descoberto, não hesitou em confessar: "Pequei contra o Senhor", e no Salmo 51.3,4 ele acrescenta: "Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos".
A resposta de Deus, através de Natã, foi imediata: "O Senhor também já te perdoou, não morrerás" (2 Sm 12.13b).
Que Deus amoroso, misericordioso e pronto a perdoar! A Ele seja a glória para sempre!

Nenhum comentário: